De Wiki Grepolis PT
(Redirecionado de Ideias Básicas)
Ir para: navegação, pesquisa

Bem-vindo ao Grepolis.

O Grepolis é considerado um browser game, estilo RTS- Real Time Strategy- ele requer um jogador para recolher recursos, expandir as suas cidades, explorar oceanos e exterminar os inimigos.

Muitas das funções básicas deste jogo são familiares para muitos jogadores, no entanto nesta secção da wiki iremos ajudar o que não é familiar neste tipo de jogo de modo que seja mais fácil a utilização do mesmo para que os primeiros passos que derem no Grepolis seja o início de uma ligação duradoura.

Quando entras no jogo pela primeira vez, é-te pedido para escolheres uma direção que vai determinar o oceano onde a tua cidade se vai localizar. Se fores um jogador inexperiente, não entres nas primeiras horas do Mundo porque irás com certeza cair nos oceanos mais competitivos deste, independentemente da direção que escolheres. Espera uns dias e cairás nos oceanos periféricos, onde, normalmente a ação é menor. Se o teu desejo é estar nas zonas mais ativas, em combates, então quanto mais cedo entrares no mundo, melhor.

Quando escolheres a direção, o sistema irá colocar a tua cidade junto de outros jogadores com pontuação semelhante à tua. A pontuação inicial da tua cidade é de 175 pontos e contém os seguintes edifícios construídos: senado, quinta e armazém, tudo a nível 1.

Para saberes o que quer dizer cada ícone na tua interface de jogo, consulta este artigo: Nova Interface

O modo como desenvolves a tua cidade pode ditar o teu futuro no jogo. Muitos jogadores preocupam-se somente com a pontuação, não fazendo defesas. Esses jogadores são denominados “construtores de casinhas” e são rapidamente conquistados. Existem vários modos de desenvolveres a tua cidade e com a experiência irás concerteza encontrar o método que se adapta melhor ao teu estilo de jogo. No entanto, para começar, deixamos-te algumas dicas:

- No teu início de jogo existem três edifícios essenciais: o senado (determina a rapidez com que a construção dos edifícios é concluída), o armazém (para não desperdiçares recursos nas horas em que não estás em jogo), a quinta (além de não gastar população livre, providencia o aumento da mesma para continuares a evoluir) e os edifícios dos recursos (madeira, pedra e moedas de prata).

O ênfase que se dá à construção de cada edifício varia de jogador para jogador, e se perguntares a 20 jogadores, decerto terás 20 respostas diferentes.

Primeiros Passos

O modo como desenvolves a tua cidade pode ditar o teu futuro no jogo. Muitos jogadores preocupam-se somente com a pontuação, não fazendo defesas. Esses jogadores são denominados “construtores de casinhas” e são rapidamente conquistados. Existem vários modos de desenvolveres a tua cidade e com a experiência irás com certeza encontrar o método que se adapta melhor ao teu estilo de jogo. No entanto, para começar, deixamos-te algumas dicas.

No teu início de jogo existem três edifícios essenciais: o senado (determina a rapidez com que a construção dos edifícios é concluída), o armazém (para não desperdiçares recursos nas horas em que não estás em jogo), a quinta (além de não gastar população livre, providencia o aumento da mesma para continuares a evoluir) e os edifícios de produção (madeira, pedra e moedas de prata).

Agora que começaste no mundo a primeira preocupação é os recursos.

No início a tua cidade não terá nenhum recurso para construíres edifícios. Para conseguires construir tens que originar mais recursos. Nesta altura o favor divino não é necessário.

Expandir os teus edifícios de produção de recursos é a principal preocupação de um novo jogador.

Relembrando que deves sempre ter espaço no armazém para os guardar. Construir novos edifícios e aumentar o nível dos já existentes irá necessitar de população. Todos os edifícios com excepção da quinta e do armazém requer população, tens que assegurar que tens sempre população livre disponível. Consegues aumentar a quantidade dos mesmos evoluindo a quinta para níveis superiores.

Defesa

Ao desenvolveres a tua cidade, ela vai ganhar pontuação. Um jogador experiente identifica um “construtor de casinhas” pela rapidez com que a pontuação da cidade sobe. Logo para não acabares como farm de outro jogador (quando um jogador te ataca somente para roubar recursos), convém que construas uma defesa à medida que constróis a tua cidade.

Logo que possas, constrói o quartel e começa a produzir alguns espadachins. A quantidade vai variar sempre da actividade dos teus vizinhos, mas nunca são demais.

Conforme fores desenvolvendo a tua academia, deverás pesquisar os birremes na tua primeira cidade para teres uma defesa marítima. Se decides pesquisar arqueiros ou não, depende da tua estratégia de jogo (lembra-te que os pontos da academia não são infinitos).

Muitos jogadores facilitam e não investem na construção da muralha pela quantidade de recursos e tempo que consome. No entanto, a muralha é essencial para uma defesa excelente. Um jogador com 100 espadachins, muralha a 15 e 50 birremes antes de atingir os 1500 pontos, por norma não será farmado pelos seus vizinhos.

Neste momento a tua cidade começa a ser um alvo apetecível para os inimigos para farmar/ roubar os teus recursos. Um jogador experiente identifica um “construtor de casinhas” pela rapidez com que a pontuação da cidade sobe. Logo para não acabares como farm de outro jogador (quando um jogador te ataca somente para roubar recursos), convém que construas uma defesa à medida que constróis a tua cidade.

Também tens a vantagem do armazém visto que ele protege 100 unidades de cada recurso por cada nível que construíres. Isto irá ajudar a proteger uma parte dos recursos que possam ser roubados.

Logo que possas, constrói o quartel e começa a produzir alguns espadachins - a unidade básica de defesa nesta altura do jogo. A quantidade vai variar sempre da actividade dos teus vizinhos, mas nunca são demais.

Conforme fores desenvolvendo a tua academia, deverás pesquisar os birremes na tua primeira cidade para teres uma defesa marítima. Se decides pesquisar arqueiros ou não, depende da tua estratégia de jogo (lembra-te que os pontos da academia não são infinitos).

Muitos jogadores facilitam e não investem na construção da muralha pela quantidade de recursos e tempo que consome. No entanto, a muralha é essencial (em cerco não faças muralha) para uma defesa excelente. Um jogador com 100 espadachins, muralha a 15 e 50 birremes antes de atingir os 1500 pontos, por norma não será farmado pelos seus vizinhos.


Ataque

Sendo esta a tua primeira cidade, por norma será uma cidade mista (uma cidade que contém tropas defensivas e ofensivas). Independentemente do modo de jogo, revolta ou cerco, vais precisar de tropas de ataque para fazeres a tua primeira conquista (é óbvio que podes optar por fundar as cidades) ou para farmar os teus vizinhos inactivos de modo a conseguires desenvolver mais rápido a tua cidade e/ou controlar possíveis ameaças no início do jogo. Assim, como irás necessitar de tropas para fazer as conquistas das Aldeias Bárbaras que te irão garantir recursos que são essenciais para um rápido desenvolvimento.

Na academia deverás pesquisar os fundibulários que numa fase inicial são rápidos, bons para farmar e atacar os vizinhos na ilha. Com o desenrolar do jogo vais precisar pesquisar os faróis, considerados pela maioria dos jogadores como o melhor barco de ataque. Nunca envies um ataque marítimo sem a proteção de faróis.

Ataque vs Defesa

A quantidade de tropas de ataque e de defesa que fazes, depende da tua vizinhança (se estiveres rodeado por aliados, é natural que facilites na defesa e privilegies o ataque. O contrário também se verifica se caíres numa zona de jogadores agressivos virados para o ataque.

O estilo do teu jogo irá definir sempre o teu desenvolvimento inicial... quer seja para uma cidade de defesa, ataque ou mista, o desenvolvimento dos edifícios será muito semelhante visto que precisas do porto a nível 20 e academia a nível 28 para poderes conquistar (é claro, que para estes edifícios atingirem estes níveis, precisas de desenvolver outros). A diferença estará no que pesquisas na academia. Se optares por uma cidade defensiva, provavelmente abdicarás de pesquisar cavaleiros e se optares por uma cidade atacante poderás abdicar de pesquisar arqueiros.

No entanto, enquanto não conheces a zona e os teus vizinhos, parte do princípio que todos são adversários. Lembra-te que Grepolis é um jogo de guerra e o objectivo é atacar e ser atacado. A tua postura é que a defesa é o melhor ataque? Ataca todos os vizinhos na ilha para lhes limitar o crescimento com a pilhagem de recursos. Gostas mais de defender? Constrói uma defesa sólida, porque normalmente na fase inicial, se o teu vizinho perder as suas tropas na tua cidade, irá deixar-te em paz.

Recursos

Em Breve...


Pedir/Pilhar recursos

Os recursos são essenciais no jogo e a estratégia de desenvolvimento de alguns jogadores centra-se na maximização dos mesmos, seja através do desenvolvimento dos edifícios,seja através de pilhagens, seja através de trocas.

Podes pedir ou pilhar recursos às aldeias bárbaras da tua ilha, mas terás que as conquistares primeiro. Quando começas, já tens uma aldeia bárbara ao teu dispor. Para conquistar as seguintes, o jogo oferece-te sugestões de envio de tropas, que poderás ou não seguir. No entanto, estas sugestões ajudam-te a perceber quais as melhores tropas atacantes para combater eficazmente certos tipos de tropas defensivas.

Quando escolhes pilhar/pedir tens 4 tempos possíveis (5, 20, 90 e 240 minutos). Se pesquisares o Saque na academia, ficarás com 8 opções disponíveis (5, 10, 20, 40, 90, 240 e 480 minutos). Estes são os intervalos de tempo que demora o teu próximo pedido/pilhagem a ficar pronto e podes usá-los para gerir a tua utilização de recursos mediante estejas ligado ou desligado do jogo.

Entre um pedido e uma pilhagem do mesmo tempo, a pilhagem dá-te mais recursos, mas baixa a moral da aldeia. Não podes fazer trocas comerciais com uma aldeia que tenha a moral abaixo de 80%. Além disso, se a moral baixar dos 80% (64% com Diplomacia pesquisada na Academia), a aldeia poderá revoltar-se e ficarás impedido de pedir/pilhar recursos até a reconquistares novamente.

Podes e deves expandir as aldeias bárbaras que conquistaste para conseguires mais recursos de cada vez que fazes uso delas. No entanto, as aldeias podem ser usadas por todos os jogadores da ilha e a expansão das mesmas irá beneficiar todos. Para uma informação mais detalhada sobre este tema, consulta Sistema de Pilhagem v2.x


Trocar recursos

Quando construíres o mercado na tua cidade, podes trocar recursos com as aldeias bárbaras. A primeira troca é feita na proporção de 1:1,25. Isto quer dizer que se trocares 2000 do recurso (o máximo em trocas com aldeias bárbaras) receberás 2500. No entanto, a segunda troca já será numa proporção de 1:0,65 e irá baixando cada vez mais. Para voltar à proporção mais favorável, terás que esperar.

Podes usar o mercado para trocar recursos com jogadores vizinhos ou enviar recursos para os teus aliados. Mas para trocas de ilhas para ilhas, o mercado terá que estar a nível 10.


Tutoriais

Quando inicias pela primeira vez a tua conta no Grepolis, é carregado automaticamente um tutorial de primeiros passos, para te ajudar a ambientar ao jogo. Se é a primeira vez que jogas Grepolis, aconselhamos-te vivamente a segui-lo. Se não quiseres fazer, podes desliga-lo. No fim deste tutorial recebes 6 espadachins (mesmo que o desligues).

Existe um tutorial disponível sobre os pedidos e pilhagens a aldeias bárbaras. Quando o completares recebes 300 de cada recurso.

Para saberes mais sobre o uso do Administrador do jogo, tens também um tutorial. Quando quiseres rever este ou outro tutorial basta ir a Configurações » Diversos » tutoriais.

Objectivo do jogo

O objectivo do jogo é viver o sonho da Grécia Antiga, para se tornar um herói da antiga Grécia e administrar um vasto império! Deve derrotar e destruir os seus inimigos, bem como ganhar a simpatia dos deuses!